abdominal remador

O Abdominal Remador é uma das variações da tradicional abdominal que quase sempre está presente nos treinos e academias. Versátil, ele é constantemente buscado por atletas que desejam melhorar a definição dos músculos do abdômen.

Além disso, ele também contribui para tonificação de outros grupos musculares, como os das costas e também o core. E nesse post, vamos mostrar tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Confira!

O que é o Abdominal Remador?

O abdominal remador, também conhecido como abdominal estilo militar é um movimento que trabalha diretamente com os músculos do abdômen. O grande diferencial desse exercício é a posição em que você precisa ficar.

Basicamente, você precisa se erguer a ponto de conseguir abraços os próprios joelhos, o que acaba aumentando a exigência muscular.

abdominal-remador

Importante ressaltar que essa variação também pode ser executada de diferentes formas. Uma delas é no banco, o que potencializa o esforço na região inferior das costas. Além disso, o exercício também pode ser feito com pesos ou segurando a bola suíça.

O grande diferencial de utilizar essas diferentes versões é que você consegue ter vários níveis de amplitude e exigência muscular.

Quais os benefícios desse exercício?

O Abdominal Remador se tornou exercício muito popular entre os atletas. Desde os iniciantes até os mais experientes. Isso porque, ela pode agregar uma série de benefícios para o seu corpo, tais como:

Perca os pneuzinhos

Um dos grandes diferenciais desse movimento é que ele trabalha uma das regiões mais difíceis de se queimar gordura, o abdômen.  Ele consegue afetar diretamente os tecidos adiposos da região, queimando gordura mais rapidamente e otimizando a definição muscular.

Esse é um dos exercícios mais básicos para quem deseja ter o abdômen tanquinho.

Fortalecimento do core

Mais um dos benefícios desse exercício é que ele ajuda a fortalecer o chamado core.

Esse é um conjunto de músculos da região abdominal, lombar e pélvica que é de extrema importância para os treinos de modo geral. Isso porque, é ele que garante mais firmeza e estabilidade na execução dos exercícios, evitando assim lesões e aumentando os resultados.

Além disso, ele tem grande impacto na região lombar e nos exercícios que trabalham os músculos inferiores.

Estimulo de outros grupos musculares

Mais uma das vantagens do Abdominal Remador é que ela também trabalha outros grupos musculares, o que é ideal para quem deseja um treino que foque em vários locais ao menos tempo, otimizando assim o ganho de massa muscular e definição.

No caso da abdominal tradicional, ela trabalha apenas a região central da barriga. Por sua vez, a variação militar também trabalha os oblíquos e até mesmo o posterior da coxa, tudo ao mesmo tempo.

Possibilidade de variação

O Abdominal Remador também se destaca pela grande quantidade de variações que ela permite. Se você deseja trabalhar o core de maneira mais aprofundada, juntamente com o equilíbrio corporal, por exemplo, você pode utilizar a bolsa suíça.

E esse são apenas alguns dos diferenciais desse exercício. Não é à toa que ele é um dos queridinhos dos treinadores e atletas de modo geral.

Passo a passo para fazer o Abdominal Remador

O abdominal remador é relativamente simples de ser executada. Isso porque, ela não necessita de nenhum tipo de equipamento específico.

abdominal-remador

Veja abaixo como realizar esse movimento:

  1. Comece se deitando de costas no chão, sobre um colchonete ou tapete de yoga;
  2. Suas pernas devem ficar retas no chão e seus braços dobrados atrás da cabeça;
  3. Em seguida, ao mesmo tempo que você vai contrair o seu abdômen, suas pernas deverão ser flexionadas;
  4. Erga o seu tronco totalmente até a direção dos joelhos e depois abrace eles quanto expiram o ar dos pulmões.
  5. Mantenha sempre um espaço entre o seu queixo e o seu peito e não coloque todo a pressão de erguer o peso no seu pescoço;
  6. A parte inferior das costas deve ser mantida no chão, apenas as omoplatas é que irão se erguer em direção aos joelhos dobrados;
  7. Quando estiver no topo do exercício, inspire profundamente e depois desça lentamente expirando até que suas costas encostem novamente no chão.

Agora você deverá repetir o movimento pela quantidade de vezes recomendada pelo seu personal.

Cuidados ao incluir esse exercício no seu treinamento

O Abdominal Remador é uma das alternativas para quem busca definição no peitoral e barriga, sendo excelente também para eliminar o excesso de gordura da barriga. Contudo, para evitar lesões e problemas mais graves, é importante sempre tomar alguns cuidados antes da execução, tais como:

Respiração sempre em dividida

No caso do Abdominal Remador, a respiração deve ser sempre dividida. Você deve inspirar quando estiver deitado no chão, e expirar enquanto elava o tronco até abraçar os joelhos.

Uma vez em cima, você deve inspirar mais uma vez e em seguida soltar a respiração enquanto desce novamente.

Peso sobre o abdômen e não sobre o pescoço

Um dos grandes erros de boa parte dos atletas é colocar o peso, ao se erguer, totalmente sobre o pescoço. Isso torna o exercício totalmente ineficiente para a região abdominal, e ainda aumenta as chances de você lesionar a região.

O seu esforço e peso devem ser colocados sobre o abdômen. É justamente quando você contrai o local e se esforça para erguer o tronco que os músculos serão ativados.

Foque na qualidade do exercício não na quantidade

Muitos atletas acham que quanto mais repetições fizerem melhor. No entanto, no caso do Abdominal Remador o mais importante é a qualidade, não a quantidade.

Não adianta nada você fazer 30 repetições se o movimento não estimular ao máximo os músculos e ser feito corretamente. Vale mais à pena fazer 12 repetições com calma e de maneira correta, garantindo assim que seus músculos serão tonificados.

O Abdominal Remador é sem sombra de dúvidas um excelente alternativa paras os atletas que buscam a tonificação e fortalecimento dos músculos do abdômen. Mas, lembre-se que o ideal é sempre falar com o seu personal antes de incluir esse tipo de exercício no seu treinamento.

Gostou do post? Ficou com alguma dúvida? Comente abaixo!!!

Fernando Sardinha
Escrito por Fernando Sardinha