jejum_pre_treino

O Jejum Pré Treino tem se popularizado muito entre atletas e pessoas que desejam perder peso. Isso porque, vários estudos têm apontado que ele pode acelerar os resultados e ainda trazer uma série de outros benefícios para a saúde.

Apesar disso, é preciso ter cuidado com esse tipo de abordagem. Se feita de forma incorreta, ela pode prejudicar o seu corpo.

Continue lendo esse artigo, e saiba mais sobre o Jejum Pré-Treino, suas vantagens, por que fazer e muito mais. Confira!

Quais As Vantagens Do Jejum Pré Treino?

jejum_pre_treino

O Jejum Pré Treino é uma prática bastante adotada por atletas que desejam potencializar os resultados dos exercícios físicos. E o motivo é porque ela proporciona uma série de vantagens, tais como:

Potencializa A Queima De Gordura

Treinar com até no máximo seis horas de jejum acaba potencializando a queima de gordura. Isso porque, os músculos irão usar as gorduras acumuladas nos tecidos adiposos para gerar energia.

Ou seja, além de gerar massa magra, você ainda irá acabar com as gorduras localizadas.

Aumenta A Produção Do Hormônio De Crescimento

Quem faz exercícios físicos precisa e muito do GH, hormônio de crescimento responsável pelo ganho de massa muscular. O que muita gente não sabe é que a produção dele é potencializada quando o atleta pratica os exercícios em jejum.

Inclusive, é recomendado que o jejum seja feito a noite, e que o individuo treine de manhã. Isso porque durante a noite, enquanto você dorme, é quando o corpo consegue produzir essa substância.

Melhora O Controle E A Sensibilidade De Insulina

A insula desempenha um papel muito importante no organismo. É ela que controla como o corpo lida com a glicose.

Quando esse hormônio está elevado, a tendência é que o seu corpo acumule mais gordura nos tecidos adiposos. Afinal de contas, os níveis de açúcar ficam altíssimos.

Quando você faz o Jejum Pré Treino, é possível melhorar tanto a produção quanto a sensibilidade do seu corpo em relação a essa substância. Por conta disso que é possível acelerar o processo de emagrecimento.

Regula Os Níveis De Cortisol

Outro benefício dessa abordagem é que ela ajuda a regular os níveis de cortisol. Esse é o hormônio responsável pelo estresse e que também está diretamente ligado a sensação de bem-estar e prazer.

Quando você está com os níveis de cortisol elevado, acaba ficando mais estressado e consequentemente consumindo mais calorias para equilibrar a sensação de bem-estar. Ou seja, você come mais.

Ao praticar o jejum pré-treino, principalmente durante a noite e treinando de manhã, você consegue regular os níveis de cortisol, evitando então a compulsão alimentar e potencializado o emagrecimento.

Mais Energia E Disposição

Você já comeu perto da hora de treinar e parece que os exercícios não renderam? Você ficou com fadiga, e quase não deu conta de terminar? Alguns especialistas apontam que comer perto da hora de treinar acaba deixando o organismo lento, e consequentemente prejudicando o desempenho durante os exercícios físicos.

Logo, ao fazer jejum pré-treino, você consegue ter mais disposição para executar o treino. Principalmente em treinos pela manhã.

Esses são apenas alguns dos benefícios dessa abordagem. Justamente por ajudar quem já passou por uma redução e parece ter estagnado, é que ela tem feito tanto sucesso entre atletas e especialistas.

Para quem o Jejum Pré Treino é indicado?

jejum_pre_treino

O Jejum Pré Treino é recomendado para quem já tem um nível maior de condicionamento físico. Ou seja, que já está treinando há algum tempo, e o corpo já adquiriu uma certa resistência.

Ele não é recomendado para quem está começando, uma vez que pode gerar efeitos colaterais como tonturas e fadiga. Essa abordagem é mais indicada para atletas mais experientes, pois, ajuda eles a saírem da estagnação.

Depois de um tempo praticando exercícios físicos, o seu corpo tende a não gerar os mesmos resultados. Isso porque ele se acostuma as condições, e estagna.

E uma das formas de voltar a potencializar a queima de gordura e ganho de massa magra é por meio do Jejum Pré-Treino. Além disso, a troca periódica de exercícios também é de grande ajuda.

Contudo, é preciso ter em mente que antes de modificar qualquer aspecto dos seu treinamento, é fundamental falar com seu personal e um médico. Assim você terá a certeza se o Jejum Pré-Treino é a melhor alternativa ou não.

Dicas E Cuidados Ao Fazer O Jejum Pré Treino

Na hora de fazer o jejum pré treino é importante colocar algumas dicas em prática, bem como tomar alguns cuidados:

Atenção A Hidratação

A hidratação é essencial durante qualquer tipo de exercício físico. Mas quando você faz seu treino em jejum, ela se torna ainda mais importante.

Isso porque ela irá ajudar tanto na oxigenação do corpo, como evitará a sensação de cansaço e fadiga.

Reposição Pós-treino

Depois de finalizar o seu treino, o ideal é tomar uma bebida isotônica. Tenha em mente que por conta do treinamento em jejum e do desgaste natural do corpo, você vai perder muitos nutrientes e minerais.

Por isso é importante repor tudo o quanto antes.

Nunca Fique Em Jejum Depois Do Treino

Você já fez o jejum antes do treino justamente para acelerar a queima de gordura. E você já vai alcançar os resultados desejados com isso.

Mas para evitar problemas como tonturas e até mesmo deficiência vitamínica, faça uma refeição completa logo após o treinamento. Assim você poderá repor as demandas do seu corpo, e manter um emagrecimento saudável.

Opte Por Aliar O Jejum Pré Treino Com Exercícios De Baixa E Média Intensidade

O ideal é que o jejum pré-treino seja feito antes de exercícios de baixa e média intensidade. Isso porque, os de alta intensidade exigem picos de energia que só são obtidos através do consumo de carboidratos.

Lembre-se que se você ter uma demanda energética muito grande, corre o risco de sofrer de catabolismo. Nesse processo, o organismo massa a consumir massa magra para gerar energia, ao invés de gordura, e isso só vai prejudicar o seu ganho muscular.

Então, atenção aos dias que vai treinar em jejum.

Gostou de saber mais sobre o Jejum pré treino? Então aproveite para deixar o seu comentário.

 

 

 

 

Fernando Sardinha
Escrito por Fernando Sardinha