Você está de dieta e está se perguntando se pode fazer refeições livres para relaxar um pouco?

Afinal, o que seria fazer uma refeição livre quando você está de dieta? É ter um dia do lixo e comer tudo que você quiser.

Na verdade não, uma refeição livre deve ser feita com consciência, pois não é feita para prejudicar o seu desempenho e sim para lhe estimular.

O objetivo é que no final dessa refeição você se sinta bem e não culpada por ter comido além do esperado.

Então, continue lendo esse artigo para entender os benefícios e como fazer suas refeições livres sem furar a dieta.

A Importância Das Refeições Livres Na Dieta

refeições-livresMuitas vezes a dieta pode ser muito restritiva, e podemos ficar muito tentados a furar a dieta.

Com isso, muitas pessoas acabam fazendo refeições livres, fora do estabelecido no cardápio alimentar que você definiu de dieta.

Pois, é natural que com o tempo, a pessoa enjoe e queira sair um pouco da rotina, mudar um pouco.

Entretanto, é muitas vezes nesse momento que você sai da dieta e acaba prejudicando o seu treino e o seu progresso até aqui.

Inclusive, muitas pessoas fazem essa refeição livre no chamado dia do lixo, e comem tudo que desejam comer.

Mas, esse dia do lixo não é recomendado por não adicionar nenhum valor nutritivo e ser muito prejudicial para o seu desenvolvimento.

Afinal, é muito comum a pessoa exagerar no dia do lixo, exatamente por estar tanto tempo sem comer besteira, e depois fica mais difícil voltar a seguir a dieta.

Portanto, quando falamos da refeição livre que não irá prejudicar a sua dieta, não estamos falando do dia do lixo, e sim de uma refeição consciente.

Antes de mais nada, quando você está de dieta, geralmente você monta um cardápio semanal, com possíveis alimentos e refeições para todos os horários do dia.

Então, fazer uma refeição livre, quando você está de dieta, seria quebrar um pouco esse cardápio e comer um pouco fora do planejado.

Na verdade, não tem nada demais fazer isso, e é até recomendado para que você não desista da dieta.

Mas, esse furo deve ser feito de uma maneira consciente. Ou seja, você deve programar e pensar bem no que está ingerindo, para não colocar o pé na jaca.

Sendo assim, não é comer tudo que você não pode, e sim fazer uma refeição diferente, fora da sua dieta habitual. É preciso ter equilíbrio.

Dicas Para Não Furar A Dieta Nas Refeições Livres

refeições-livresEntão, na prática, como é essa refeição livre? Como furar a dieta de maneira consciente sem que prejudique muito o seu desenvolvimento?

Para isso, separamos aqui algumas dicas que podem lhe ajudar nesse processo e trazer muitos benefícios para a sua dieta.

1. Planeje suas refeições livres:

Portanto, a primeira coisa a se fazer é planejar bem como e quando será a sua refeição livre.

Ainda, pense se você pretende inserir uma refeição livre uma vez na semana, duas ou até mesmo uma vez a cada duas semanas.

A quantidade irá depender muito da restrição da sua dieta, dos seus objetivos e de como você lida com a sua dieta sem essas refeições livres.

Pois, muitas pessoas tendem a desistir mais facilmente se não tiver essas refeições livres em alguns momentos como um estímulo.

Portanto, ela na verdade está sendo benéfica, evitando que a pessoa saia de vez da dieta e se prejudique.

Então, para se organizar, defina a quantidade de vezes que você pretende colocar uma refeição livre na sua dieta.

2. Escolha o melhor horário para inseri-las:

O horário que você fará a sua refeição livre depende muito da sua rotina e de como você lida com esse “furo” na dieta.

Pois, muitas pessoas preferem realizar essa refeição na hora da janta, pois sentem que é mais fácil de se controlar.

Afinal, quando você faz a refeição livre na hora do almoço, você sente que já saiu da dieta e pode se descontrolar para o resto do dia.

Entretanto, se você consegue se controlar e entender que é apenas uma refeição, o melhor seria durante o almoço.

Pois, é sempre pior comer mais durante a janta, porque é prejudicial para o seu corpo dormir depois de ter comido uma maior quantidade de comida.

3. Mantenha a sua dieta normal nos dias das refeições livres:

Um erro que muitas pessoas cometem ao fazer uma refeição livre, é deixar de comer pelo resto do dia.

Pois, as pessoas consideram que irão comer mais do que o planejado, então para compensar, comem menos no resto do dia.

Mas, na verdade isso pode ser prejudicial para você. Primeiro, por não ser saudável ficar muito tempo sem comer. E segundo porque assim você ficará com fome.

Sendo assim, a tendência é que você acabe se empolgando e exagerando na hora da sua refeição livre, pois estará morrendo de fome.

E isso impede que você tenha uma boa consciência em relação a quantidade de comida que irá comer.

4. Aproveite o momento:

Fazer uma refeição livre é estar consciente do que está acontecendo no momento. É o contrário do que comer por compulsão.

Portanto, aproveite ao máximo aquela refeição, coma com calma e devagar para que essa refeição valha a pena e você se sinta satisfeito.

Entenda que se trata de um equilíbrio, é fazer uma refeição fora da dieta, mas tendo consciência da quantidade e qualidade da comida que você está ingerindo.

Conclusão

refeições-livresEntão, agora você sabe como fazer as refeições livres sem que a sua dieta seja prejudicada.

Pelo contrário, o seu objetivo é te estimular e ser um alívio, porém consciente e que não irá lhe deixar com a consciência pesada e nem se sentindo mal depois de comer.

Por isso, planeje bem quando você irá fazer essa refeição para que você faça isso da melhor maneira possível, e mais consciente.

E aí, esse artigo foi útil para você? Se sim, deixe aqui o seu comentário.

Avatar
Escrito por Lincoln Oliver