tipos_de_anabolizantes

Existem muitos tipos de anabolizantes no mercado, e é preciso conhecê-los antes de escolher qual usar, pois é a sua saúde que está em jogo.

 

Os anabolizantes são utilizados para o ganho de massa muscular, no entanto nem todos oferecem a segurança que a sua saúde merece.

 

Os anabolizantes se dividem em três categorias: Estrógenos, Andrógenos e Cortisona.

tipos-de-anabolizantes

Estrógenos, por ser um hormônio exclusivo feminino é produzido nos ovários, sendo o responsável pelas características sexuais femininas.

 

Andrógenos, produzidos nos testículos responsáveis pelas características sexuais masculinas.

 

Cortisona, é produzido tanto no organismo masculino quanto no feminino seu efeito é analgésico e anti-inflamatório.

 

Os mais consumidos anabolizantes são:

 

Orais

 

Passando pelo estômago logo é absorvido pelo intestino e, depois de metabolizado pelo fígado cai na corrente sanguínea.

 

Injetáveis

 

São menos prejudiciais a saúde do que os orais, os anabolizantes quando injetáveis vão para a corrente sanguínea via muscular e permanecem lá por um longo período.

 

Os anabolizantes são versões sintéticas da testosterona. A testosterona é o principal hormônio sexual nos homens. É necessário desenvolver e manter características sexuais masculinas, como pêlos faciais, voz grave e crescimento muscular. As mulheres têm alguma testosterona em seus corpos, mas em quantidades muito menores.

 

Para que servem os anabolizantes?

 

Os profissionais de saúde usam tipos de anabolizantes variados para tratar alguns problemas hormonais nos homens, como atraso na puberdade e perda muscular devido a algumas doenças. Mas algumas pessoas usam mal esteróides anabolizantes.

 

Alguns fisiculturistas e atletas usam anabolizantes para construir músculos e melhorar o desempenho atlético. Eles podem tomar os anabolizantes por via oral, injetá-los nos músculos ou aplicá-los à pele como um gel ou creme. 

 

Essas doses podem ser 10 a 100 vezes maiores que as doses usadas para tratar condições médicas. Usá-los dessa maneira, sem receita médica de um profissional de saúde, não é legal nem seguro.

 

Porém muitas pessoas não sabem ainda quais são os mais utilizados, e podem até mesmo por engano fazer uso, seja por indicação de terceiros ou por falta de informação que faz com que você procure esse tipo de produto.

 

Por isso vou trazer aqui quais são os principais anabolizantes que você encontra no mercado, de modo que você precise evitar de todas as formas para conseguir dar conta desse tipo de cuidado de fato com sua saúde.

 

Quais são os principais tipos de anabolizantes

 

Como já foi dito, algumas pessoas acabam utilizando anabolizantes por falta de conhecimento sobre quais os principais tipos de anabolizantes, e como os nomes normalmente são difíceis, poucas pessoas acabam conhecendo em um primeiro momento.

 

Isso faz com que busquem por tais produtos seja por uma indicação de algum colega ou mesmo por curiosidade, e o risco é de justamente fazer o uso que não é indicado, e que pode trazer importantes riscos para a saúde.

 

Considerando isso vou falar a seguir sobre quais são os tipos de anabolizantes mais conhecidos, para que você possa evitar a todo o custo e consiga principalmente obter o máximo de benefícios.

 

Primobolam

 

O Primobolam ou Metenolona é um dos tipos de anabolizantes mais utilizados por atletas, principalmente nos períodos que antecedem competições, sejam elas de qualquer tipos de níveis que podem acontecer.

 

Ele fica no organismo por 9 meses, e sua ação é aumentar o nível muscular e reduzir a gordura corporal, e de todos é o que tem um tipo de efeito colateral mais fraco, e por isso é a primeira procura de muitas pessoas.

 

Porém isso é também importante que você possa observar possibilidades para que você tenha o cuidado nesse tipo de ingestão em grande quantidade, que pode trazer muitos malefícios para a saúde.

 

Deca Durabolin

 

Nandrolona, como também pode ser chamado, é um tipo de anabolizante que é facilmente encontrado, e sua função é oferecer um ganho de peso muito mais rápido que o normal.

 

Sua ação no organismo é de 18 meses, e ele se destaca dentre os outros tipos de anabolizantes justamente pelo fato de ter um custo bastante reduzido, e também ter efeitos colaterais mais leves.

 

Além de ganho de massa, você tem um grande ganho de líquido, e por isso é que você deve pensar com muito cuidado nesse sentido, e os intervalos também podem ser observados para que você não tenha perdas de avanços que você já teve.

 

Winstrol

 

Também conhecido como Stanozolol se destaca por gerar um aumento dos músculos, mas muito pelo fato de reter líquidos, e pode ser encontrado em pelo menos duas possibilidades de ingestão.

 

A versão oral age no corpo por 2 meses, enquanto a versão injetável pode agir por 3 meses, e ele tem um tipo de segurança para que você não tenha perda hormonal nesse sentido.

 

Em alguns casos de outros tipos de anabolizantes existe a conversão de hormônios, ou seja, homem passa a produzir hormônios femininos e vice e versa. Isso pode trazer muitos prejuízos de uma maneira geral.

 

Durateston

 

Durateston ou testosterona cristalina é também um dos tipos de anabolizantes que são comumente utilizados, e geralmente ele faz com que se tenha um aumentos significativo na quantidade de testosterona no corpo.

 

Isso faz com que você tenha um apetite maior para a musculação, dando também um resultado mais positivo de uma maneira geral, e considerando principalmente esse contexto de uma forma segura.

 

Ele pode ser geralmente utilizado juntamente com outros, e por isso também é que você precisa estar atento ao tipo de combinação que é feita, para que você não tenha um prejuízo muito grande nesse contexto.

 

Quais são os riscos do uso

 

Utilizar qualquer um dos tipos de anabolizantes, por mais que sejam utilizados por outras pessoas, é um risco muito grande, principalmente considerando a dose e a repetição com a qual é feita.

 

O mais indicado é que você possa contar com a ajuda e suporte de um profissional que pode orientar o uso de uma maneira geral ou pode também dar outras indicações mais seguras para o seu caso em especial.

Fernando Sardinha
Escrito por Fernando Sardinha