biotipos

Existem muitos biotipos corporais, e poucas pessoas sabem sobre eles, fique comigo até o final deste artigo que você entenderá melhor sobre os biotipos.

Conhecer cada um deles faz com que você também comece a refletir de que maneira é possível avaliar a prática do exercício em si, mas também é uma possibilidade para que você procure o tipo certo de acompanhamento.

Tendo em vista tais informações, vamos mostrar todas as formas de biotipos existentes, com dicas e com as demandas que cada um vai possui.

 

Quais são os principais biotipos

biotipos

biotipos

De uma maneira geral existem 3 biotipos conhecidos: o ectomorfo, mesomorfo, e endomorfo, que são denominações e indicam a forma como o corpo fica em estado de repouso, afetando diretamente na prática da atividade física.

Além disso é fundamental saber que tipo de biotipo está sendo trabalhado, para que você consiga dar as melhores indicações até mesmo para que consiga pensar em formas mais simples de cuidados com seu corpo.

A seguir vou trazer mais sobre cada um de maneira detalhada para que você possa também aproveitar de todos os seus benefícios e possa de fato pensar em formas mais simples de atingir tais objetivos que são traçados por cada um dos biotipos.

 

Ectomorfo

As pessoas do tipo ectomorfo possui uma estrutura óssea menor: ombros pequenos, peitoral pequeno, além de ter o metabolismo acelerado, o que dificulta o ganho de massa muscular, o que pede um tipo de estratégia diferente.

Normalmente os treinos mais efetivos para conseguir ganhar massa são os mais espaçados, com mais dias de descanso, e mais intensos quando precisam ser feitos, o que é fundamental para conseguir pensar.

Assim também os exercícios de resistência são sempre muito bem aproveitados pelos ectomorfos, e por isso você pode utilizar desse tipo de artifício, podendo ser um ponto a favor na intensidade pensada para os treinos.

 

Mesomorfo

Os endomorfos são dos biotipos que possuem maior facilidade para engordar e ganhar peso, também com dificuldade para definição muscular, o que acontece por conta de um metabolismo lento e que precisa de um trabalho bem definido para a solução.

Os treinos mais efetivos para os endomorfos são sempre os que começam com uma intensidade baixa e vão ficando ainda mais intensos com o passar do tempo, o que certamente pode ajudar na hipertrofia.

De uma maneira geral eles podem ter maiores dificuldades ou facilidades para o ganho de massa, o que depende de cada metabolismo que pode variar, e também da rotina de alimentação que é necessária.

 

Endomorfo

Os endomorfos são os que possuem uma estrutura óssea maior, e mais larga, o que faz das pessoas desse biotipo terem um porte mais atlético, e portanto maior facilidade para ganhar massa muscular e queima de gordura.

Por isso eles podem pensar em ingestão de calorias até mesmo acima do recomendado, sem nenhum tipo de preocupação de acúmulo de gordura ou mesmo algo do tipo que pode ser fundamental para ganho de massa de forma garantida.

A indicação de treinos são feitas de acordo com o acompanhamento até mesmo para que se consiga avaliar quais são as possibilidades de ganho efetivo e que são feitos dentro da característica em questão.

 

Trabalhando com os mais diferentes tipos

Em um trabalho feito com os biotipos, e para que você saiba e conheça o seu é fundamental ter um acompanhamento profissional, até mesmo para que se consiga avaliar e traçar algumas estratégias mais específicas.

Com o seu biotipo sendo avaliado e estudado é muito mais fácil definir quais são os os treinos mais efetivos para o ganho muscular que é necessário, e isso também faz com que a alimentação seja bem avaliada e indicada.

Como já foi trazido em alguns momentos, um biotipo pode demandar um treino mais intenso que outro, enquanto a alimentação pode ser balanceada para um e não um motivo de preocupação para outro, e isso é definido por esses biotipos diferentes.

 

Pensando em estratégias específicas

O seu trabalho corporal e de alimentação vai depender de qual o seu tipo, e também de como você acompanha e trata cada uma dessas especificidades, sendo preciso um cuidado com alimentação e prática de treinos de uma maneira geral.

No entanto não é somente preciso saber o tipo, mas também é preciso que você tenha um acompanhamento de um especialista com relação ao que você come e de que maneira um tipo de indicação especializada pode indicar melhores treinamentos.

Saber sobre os biotipos é sempre muito importante até para que você tenha um tipo de comportamento que possa de fato te ajudar a ganhar massa muscular de forma mais fácil, sabendo que o treinamento e alimentação que é indicada.

 

Os corpos são combinados

Não é fácil encontrar pessoas que pertencem a um único biotipo de corpo, exato aquelas pessoas que se encaixam em um perfil de obesidade mórbida, aí sim é um tipo visível de endomorfos, o mesmo acontece com o contrário, pessoas com magreza extrema as consideradas ectomorfos.

O comum são pessoas com pesos normais que se encaixam nos 3 biotipos, endomorfo, ectomorfo e mesomorfo.

 

Qual é o se biotipo?

Você sabe qual é o seu biotipo? Como já foi dito acima o conhecimento do seu biotipo irá te permitir escolher o treino adequado, adaptando da melhor maneira possível e, da forma correta de agir.

Diante disso é importante um acompanhamento profissional, com dietas e treinos baseados no seu biotipo, o que te garantirá benefícios extraordinários.

Saiba que independente do seu biotipo com a ajuda de uma pessoa qualificada você conseguirá sim alcançar o seu objetivo, atingindo os seus resultados de maneira proveitosa.

Agora que você certamente já sabe em qual biotipo se encaixa é hora de começar a se exercitar de acordo com o seu biotipo.

Obrigada por acompanhar até aqui, compartilhe esse artigo com os seus amigos, um abraço e até a próxima!

Avatar
Escrito por Gabriel