Você com certeza já ouviu falar na famosa dieta da proteína, afinal ela é muito conhecida pelos adeptos da musculação.

Pois, é uma das melhores dietas para definição muscular, com ganho de massa magra e queima de gordura.

Mas, afinal, como fazer essa dieta? Qual é a quantidade de proteína que eu devo ingerir por dia para fazer a dieta da proteína?

Assim como todas as dietas diferenciadas, essa gera muitas dúvidas em relação a como deve ser feita e quais são os seus reais resultados e benefícios.

Por isso, continue lendo esse artigo para descobrir tudo que você precisa saber sobre essa dieta e como segui-la.

O Que É e Para Que Serve A Dieta Da Proteína?

dieta-da-proteinaSe você está querendo queimar gordura e ganhar massa muscular, já deve ter considerado fazer a dieta da proteína.

Como o próprio nome diz, dá para se imaginar que é uma dieta focada no consumo de proteína, certo?

Certo, a dieta da proteína busca o alto consumo de produtos ricos em proteína, sendo cerca de 40% de toda a sua alimentação diária.

Além disso, essa dieta prega também o baixo consumo e carboidratos. A ideia é que a proteína seja a sua fonte de energia.

Mas, quando falamos desse tipo de dieta, não existe uma só, são vários tipos de dieta, como a Atkins, a paleolítica e a Dukan.

Cada uma possui um cardápio diferente para o seu dia, mas todas tem em comum a alta ingestão de proteína.

Então qual a lógica por trás dessa dieta? É simples, você irá emagrecer ao reduzir a quantidade de carboidratos e aumentar a quantidade de proteínas.

O carboidrato em excesso pode gerar acúmulo de gordura, mas não deve ser cortado totalmente.

Com a redução de carboidratos na sua dieta, o seu corpo irá buscar energia em outros lugares.

Então, ele irá queimar a sua gordura corporal para obter essa fonte de energia, e é assim que a pessoa passa a emagrecer.

Enquanto isso, ao ingerir bastante proteína, por serem alimentos ricos em fibra, você acaba ficando com uma sensação maior de saciedade.

Por isso, pessoas que fazem essa dieta estão sempre satisfeitas, controlando assim o apetite e o desejo de comer coisas que engordam.

Além disso, alimentos ricos em proteína são excelentes para o ganho de massa muscular, possuindo o aminoácido necessário para a construção muscular, ou seja, para o anabolismo.

Além de regular o apetite, a proteína também é responsável por acelerar o seu metabolismo, que auxilia na queima de gordura.

Como funciona a dieta da proteína?

Como já foi falado, essa dieta irá variar muito de pessoa para pessoa, e ela pode ser feita corretamente com o seu nutricionista.

Mas, em geral, você irá adicionar a sua dieta os seguintes alimentos:

  • Peixes;
  • Carnes magras;
  • Ovo;
  • Laticínios desnatados, como leite e iogurte desnatado;
  • Queijo branco;
  • Azeite de oliva;
  • Limão;
  • Verduras, como couve, espinafre, rúcula, alface e agrião;
  • Legumes, como abobrinha e cenoura;
  • Nozes e castanhas;
  • Sementes, como chia, gergelim, linhaça e girassol;
  • Abacate;

Além disso, você não se pode esquecer das bebidas, que não podem ser gordurosas nem cheias de açúcar como bebidas artificiais, refrigerantes e sucos açucarados.

Ao invés disso, busque limitar o seu consumo de líquidos a chá, café descafeinado e água, seja ela com ou sem gás.

Apesar de você reduzir o consumo de carboidratos, você ainda pode substituir parte desses carboidratos simples, por carboidratos integrais.

Como arroz, massa e pão integral, com o máximo de grãos, fibras, que você conseguir.

Além das fontes de carboidratos, outros alimentos que devem ser evitados são os grãos, como feijão, ervilha e grão de bico. Além claro, dos açúcares.

Por ser uma dieta muito restritiva, o recomendado é que ela seja feita por, no máximo, 15 dias, buscando o rápido emagrecimento.

Caso passe desse tempo, o recomendado é que não seja tão restritiva assim e talvez o ideal seja adicionar mais carboidrato a ela.

Pense bem antes de começar a dieta:

O mais importante é, antes de começar a dieta, pensar bem se ela se encaixa na sua rotina. Afinal, você gosta e tem o costume de comer esses alimentos?

Pois, deve ser uma dieta fácil de seguir, e caso esteja te fazendo mal, é melhor procurar outra opção.

Muitas pessoas também tem dificuldade de seguir a dieta pela falta de tempo de preparar comida, então leve isso também em consideração na hora de resolver começar essa dieta.

Pois só cortar os carboidratos sem ter alimentos suficientes para lhe dar energia para o dia não adianta.

Receitas Para Você Fazer A Dieta Da Proteína

dieta-da-proteinaEntão, para lhe ajudar a dar esse primeiro passo e inserir a dieta da proteína  na sua vida, separamos algumas receitas deliciosas para lhe estimular.

1. Torta de cenoura com espinafre

Essa receita é excelente para aquele pós treino. Com poucos ingredientes você pode repor as energias necessárias para a construção muscular, com alto índice proteico.

2. Caneloni de berinjela

A berinjela é um ótimo legume para quem está querendo cortar os carboidratos da dieta. Pois, com ele você pode fazer receitas inovadoras e deliciosas como esse caneloni.

3.  Frango de forno cremoso

Com essa receita de frango de forno cremoso você consegue um prato rico em proteína, e sair um pouco do clássico frango grelhado.

4. Farofa fit

Essa farofa, ao contrário da farinha de mandioca, utiliza quinoa como ingrediente principal, sendo a quinoa uma excelente substituição para a farinha, porém com baixo valor calórico e muitos nutrientes.

Conclusão

dieta-da-proteinaEntão, agora você já sabe como funciona a dieta da proteína e quais são os seus benefícios.

O importante é que você reduza a quantidade de carboidratos e torna a proteína o nutriente mais presenta na sua alimentação.

Mas, o ideal é consultar um profissional de nutrição para fazer uma dieta para você, baseada na sua rotina e no seu corpo e saúde.

Pois, cada corpo funciona de uma maneira, e a dieta que serve para uma pessoa pode não servir para a outra.

E ai, gostou do artigo? Se sim, deixe aqui o seu comentário.

Avatar
Escrito por Lincoln Oliver