ponto_zero

Você faz algum tipo de treino, como a musculação? Em caso positivo, já ouviu falar da técnica do ponto zero? Pois saiba que esse foi um sistema de treino desenvolvido pelo fisiculturista brasileiro Fernando Sardinha, e é mundialmente conhecido.

ponto_zero

Toda ideia por trás do ponto zero é potencializar o seu treinamento sem ter de usar mais carga. Na verdade, pode ser até mesmo que o oposto aconteça: que você diminua a carga. Parece impossível? Leia até o final e veja como funciona!

O que é ponto zero e quem o criou?

Fernando Sardinha é um fisiculturista que já ganhou mais de 120 troféus pelo mundo todo. Somente isto já o credenciaria como um grande conhecedor do assunto. Essa sua bagagem que proporcionou o conhecimento necessário para a criação do ponto zero.

Para ser mais preciso, inclusive, esta técnica está inserida dentro do seu programa de treinos especiais. É o chamado Programa Sardinha Evolution, desenhado pelo fisiculturista especialmente para quem quer seguir os passos dele.

Veja apenas parte do currículo deste fisiculturista:

  • São 119 medalhas, além dos 120 troféus, durante seus 30 anos de experiência
  • Já participou de eventos internacionais, como o Excalibur 2017 (em que foi primeiro na categorial Overall NPC), o Mr. Universe 2016/2017 e o Mr. Universe NABBA
  • Possui experiência também como personal trainer e como preparador físico
  • É árbitro e membro docente da NABBA (National Amateur Body-Builders Association do Brasil)
  • É árbitro da IFBB (Federação Internacional de Fisiculturismo e Fitness)

Ou seja, se ele criou um programa de treinos, como é o caso do ponto zero, é com muito conhecimento por trás. Sua carreira é de grande sucesso e faz com que Fernando Sardinha seja uma referência.

As fases do programa

Falando especificamente do ponto zero, agora, quero começar destacando sua ideia central. Todo propósito é que o seu rendimento, ao treinar, traga mais retornos e seja potencializado. 

Para isso você deve entender duas etapas dos treinos:

Fase concêntrica

Esta é a etapa em que você vai fazer com que a musculatura se contraia. Isto é, quando irá levantar ou arrastar os pesos em seu treino. O objetivo aqui é causar a tensão no tecido muscular ao encurtar o movimento.

Pense na prática: quando você levanta peso, contrai o bíceps, por exemplo. É o momento em que você mais faz força, chamado concêntrico. 

É uma das melhores formas de gerar o aumento de massa magra. Só que, mesmo assim, não basta apenas fazer este tipo de movimento. É necessário combinar outras maneiras de contração muscular.

Fase excêntrica

Por outro lado, esta é a etapa oposta, quando você faz o movimento de abaixar o peso. Isto significa que é quando você estica o seu braço (momento em que estica, igualmente, a musculatura).

Ponto zero funciona?

Explicadas estas duas etapas, preciso ainda destacar que, se não há movimento sequencial, a energia vai embora. Por isso que, na prática, fazemos as repetições.

Saber desse tipo de situação, a qual podemos chamar de energia elástica, é importante para o ponto zero. Assim você entende como seu corpo utiliza a energia e como gera a hipertrofia. 

Perceba que, quando você chega à fase excêntrica, a energia elástica também é dissipada. Fica mais difícil fazer força quando volta à etapa concêntrica. 

E é exatamente este momento que podemos chamar de “ponto zero”. Se você demorar mais para retornar à fase concêntrica, vai ter de fazer mais força para chegar até ela. Fernando Sardinha percebeu isso e aplicou ao seu programa.

Contrair os músculos com maior intensidade, permite gerar mais força sobre eles. Isto oferece melhores resultados, dado que a contração é mais potente.

Ou seja, entendendo a lógica de funcionamento dos exercícios, percebemos que o ponto zero funciona mesmo. Ele busca estender a fase excêntrica, de modo que você tenha de realizar mais força para voltar à concêntrica e, assim, gerar mais hipertrofia.

Benefícios do programa

Até aqui, você já deve ter compreendido como o ponto zero funciona. Resta, agora, observar quais são os resultados efetivos – afinal, é isso que importa, não é mesmo?

Aplicável aos mais diversos programas de treino

Não importa se você está treinando pernas, tríceps, bíceps, abdômen, glúteos, ou o que for. O programa de Fernando Sardinha serve para basicamente todas as regiões do corpo, desde que seu intuito seja ganhar massa.

Foca nos resultados, não na carga

O erro de muitos fisiculturistas é focar em quanta carga estão levantando. Na realidade, você deveria focar, em vez disso, nos resultados finais. Pois bem, o ponto zero traz essa importante visão, inclusive podendo proporcionar a diminuição da carga, oferecendo, ainda, melhores efeitos.

Melhora a potência

Força e resistência são dois dos elementos mais cruciais para fisiculturistas. Estes são dois dos que são favorecidos com o programa ponto zero. Aliás, são até necessários para executar melhor o programa, já que potencializam a força na fase concêntrica.

É reconhecido

Utilizar qualquer tipo de programa de treinamentos pode ser perigoso. Com esse, isto não acontece, uma vez que é amplamente reconhecido por bodybuilders. Como já disse antes, o ponto zero funciona.

Quem pode usar essa técnica

Vamos lá, vou ressaltar algo que já demonstrei ao longo do tempo. O ponto zero é uma técnica que, em síntese, é bastante intensa e exige muito do atleta, especialmente no período de contração.

Por isso, se você é iniciante, esta técnica não é muito recomendada para você. O ideal é que converse antes com seu personal trainer, para identificar se há outras possibilidades melhores até ganhar um pouco mais de experiência.

Caso contrário, alguns dos efeitos colaterais podem ser um pouco maiores. Eles se traduzem principalmente em dores intensas durante a fase de adaptação ao programa ponto zero.

Por outro lado, porém, se você já é mais experiente em treinos, então é ideal para iniciar. Use sua experiência e seus conhecimentos adquiridos ao longo do tempo para usar o ponto zero da melhor forma.

Para concluir, portanto, posso dizer que este programa de treinamentos foi muito bem pensado por Fernando Sardinha. Toda sua lógica faz sentido, pensando na fisiologia humana e nos treinos. Isso se mostra efetivo na prática, com os resultados de quem usa o programa.

 

 

Fernando Sardinha
Escrito por Fernando Sardinha