Fernando Sardinha

O ano de 2017 ficou para trás, mas para o fisiculturista Fernando Sardinha, foi mais um importante ano na consolidação de sua trajetória de muito sucesso. O atleta recebeu importantes premiações no ano que passou e manteve-se em posição de destaque no cenário nacional de fisiculturismo.

Quer saber mais sobre a história e a retrospectiva do ano de 2017 do fisiculturista Fernando Sardinha? Leia esse artigo até o final. Nele vamos explicar porque o atleta se mantém como um dos maiores nomes do esporte no Brasil. Confira!

Fernando Sardinha: trajetória 

Seu nome é Fernando Luiz, entretanto, é mais conhecido, desde a adolescência como Fernando Sardinha. Segundo o próprio Fernando, na academia em que treinava, todos os colegas tinham apelidos com nomes de peixes e ele, por ter a estatura menor, recebeu esse apelido.

O atleta é natural de Ribeirão Preto, interior de São Paulo e, desde os 15 anos, se dedica aos esportes: primeiro com as artes marciais e em seguida com a musculação, que se revelou sua verdadeira paixão.

Tornar-se um bodybuilder e começar a competir é uma missão que requer tempo e dedicação ao extremo. O crescimento muscular decorrente dos treinos intensos de hipertrofia e o shape com as medidas dignas de um campeão só são alcançados após muito tempo de treino e alimentação regrada.

Com o Fernando Sardinha, não foi diferente. Para chegar a ser um dos maiores bodybuilders e possuir o maior número de títulos em campeonatos do Brasil,o atleta investiu mais de 30 anos de dedicação.

Como é a sua preparação

Para chegar no nível de hoje, musculação e dieta são presentes em todos os dias ao longo do ano, independente de competições. Sardinha treina todos os dias, no estilo Old School. Essa técnica surgiu nos anos 70 e tem como foco principal o treino mais pesado e menos sofisticado com cargas mais elevadas, treinos consistentes e alimentação moderada.

Sobre a alimentação, Sardinha é adepto a uma dieta regrada: não come nada de comida não saudável, não ingere bebida alcoólica, consome boas fontes de proteína — como carnes magras e suplementação adequada —, e apenas carboidratos com baixo índice glicêmico, como batata doce e produtos integrais.

Isso se aplica, inclusive, aos chamados dias do lixo, que são dias ou espaços de tempo em que são permitidos, de acordo com o plano alimentar dos atletas, ingerir alimentos fora da dieta. Em períodos que antecedem as competições, essa preparação aumenta e faz com que Sardinha atinja seu melhor condicionamento.

Essa dedicação fez com que ele estivesse presente em mais de 131 campeonatos nacionais e internacionais. Nesses campeonatos, o atleta conquistou 130 troféus e 122 medalhas, dos quais se destacam:

  • Campeão Mr Universe WABBA;
  • Campeão NPC Excalibur;
  • 2x Vice Campeão Mr Universe NABBA;
  • Tri Campeão Mundial;
  • Penta Campeão Brasileiro;
  • título de melhor posador do Brasil conquistado 7 vezes;
  • diversos outros campeonatos estaduais ligados ao IFBB.

Projetos do atleta

Sardinha, ao longo de todos esses anos, conseguiu construir uma bela reputação no esporte e hoje se tornou referência quando falamos em preparação para campeonatos de bodybuilders.

Atualmente, ele está com 48 anos, e é dono de uma academia em Ribeirão Preto, a Sardinha’s Gym. A academia é pensada para oferecer a melhor preparação para todos, até mesmo àqueles que não são atletas. Isso inclui frases motivacionais nas paredes e trilha sonora que inspire o foco no objetivo traçado.

Além disso, o fisiculturista é o idealizador do Sardinha Evolution, um programa de condicionamento físico que oferece assessoria esportiva online em formato de vídeos que são produzidos por ele mesmo. Os vídeos são destinados a pessoas com os mais variados níveis de treinamento e tem como motivação principal a transformação do corpo pela dedicação.

Do ponto de vista do esporte, ele é atleta competidor patrocinado pela Athletica Nutrition, que é uma das pioneiras no ramo e a maior fábrica de suplementos alimentares localizadas no Brasil.

Além disso, também atua como juiz há quase 20 anos nos campeonatos realizados pela IFBB (International Federation of Bodybuilding) que, em âmbito mundial, é responsável por um dos campeonatos mais expressivos de bodybuilding do Mundo — o Mr. Olympia. No Brasil, a IFBB é representada pela Confederação Brasileira de Musculação, Fisiculturismo e Fitness (CBMFF).

Retrospectiva: campeonatos e conquistas em 2017

O ano de 2017 foi mais um de grandes conquistas para Fernando Sardinha, que ganhou troféus e boas colocações em campeonatos mundiais para o Brasil.

O atleta se tornou Vice-Campeão do maior Campeonato mundial de bodybuilding, o Mr Universo. Esse concurso é um evento que acontece todos os anos e tem a organização da NABBA – National Amateur Bodybuilders Association (Associação Nacional dos Bodybuilders Association).

Nesse campeonato são eleitos o Mr. Universe, profissional e amador, Miss Físico e Miss Figura, categorias femininas. A edição de 2017, assim como as anteriores, aconteceu na Inglaterra.

Mas as conquistas do fisiculturista não param por aí. O ano que passou também trouxe ao Fernando Sardinha a 2ª colocação no World NABBA 2017, que aconteceu em julho na Rússia, na categoria Master, destinada a atletas profissionais com mais de 40 anos.

Outro grande destaque desse ano foi a brilhante participação do Sardinha na NPC Excalibur. A NPC, ou Comitê Nacional de Fisiculturismo, é uma organização de caráter amador norte-americana federada ao IFBB.

Nesse campeonato, que aconteceu em dezembro de 2017 em Los Angeles, o atleta conquistou os títulos de Campeão Excalibur Master Muscle Contest, Campeão Novice Heavy Weight Muscle Contest e Vice Campeão Open Heavy Weight Excalibur.

Com todos esses acontecimentos, vimos que o ano de Fernando Sardinha foi bem produtivo. E isso só foi possível graças aos anos de prática e também ao conhecimento adquirido em todas essas competições. Com isso, a expectativa para o próximo ano é grande.

E se você quer se espelhar nele, lembre-se: para ser um atleta com alto nível de rendimento, é preciso focar em todos os detalhes e ter em mente onde se quer chegar.

E aí, você já conhecia a história de Fernando Sardinha? Tem alguma dúvida ou comentário sobre a retrospectiva do atleta? Deixe seu comentário no post!

 

Fernando Sardinha

Fernando Sardinha
Escrito por Fernando Sardinha